domingo, 14 de fevereiro de 2010

Com medo de Sofia


Como eu tenho medo da verdade, eu prefiro viver no conforto da minha ignorância.

Eles chegaram cheios de saber e temi que eles tivessem o poder de fazer os cegos enxergarem de uma cegueira que me mantém no poder. Eu hei de enviá-los à fogueira.

Criei todo um universo, estórias fantásticas, o bem vencendo o mal, justiça divina, penas severas, tudo muito bem elaborado para me transformar no ser mais imaculado do mundo e ser sempre o Senhor da Razão.

Mas as ovelhas negras fugiram do rebanho e foram procurar a verdade, o saber. Descobriram brechas, contradições. Enviei os meus melhores lobos-maus para caçá-las, irritá-las, amedrontá-las com o meu livro aberto na página das punições.

Eu morro de medo, repilo-o fortemente, a última palavra é minha, sempre minha. O poder é meu, só meu e de mais ninguém. Eu me faço de vítima, digo que você está possuído por demônios, que você é mau, não acredita em nada e que seu castigo será horrendo.

E saio correndo, convoco os meus seguidores para confundir você. A maioria está sempre certa, certo? Não venha tentar fazer enxergar. Ninguém quer enxergar. A ignorância nos conforta e nos faz tão bem... Estamos bem assim. Então sai para lá, eu não quero saber. Eu vou me livrar de você. Xô, xô!

Sabedoria e superioridade assustam os fracos e ignorantes.


4 comentários:

  1. Hummmm.
    Me passou a idéia de ignorância das pessoas em relação à novas idéias e novas opiniões.
    Não sei explicar direito,algo como se cada um tivesse uma opinião particular sobre determinado assunto e não aceitasse interferência na sua opinião ou na verdade não soubesse mesmo como contestar e deixasse por isso mesmo.

    Eu acho que vivemos em uma sociedade manipuladora,de idéias,de pensamentos,mas se deixa enganar quem realmente não se importa com nada ou não tem opinião nenhuma.

    Sem mais.
    Beijinhos. (;

    Julis

    ResponderExcluir
  2. Fato, as pessoas se acomodam com suas opiniões (que já foram impostas por outras) e nem se dão ao luxo de questionar e observar outros pontos de vista.

    ResponderExcluir
  3. como cada um tem seu ponto de vista, as opiniões sempre vão gerar conflitos. o que muda é o modo como você reage a isso.

    ResponderExcluir
  4. Talvez por isso as pessoas - ou parte considerável delas - ainda prefiram viver nas cavernas.

    Se bem que os manipuladores e os sequiosos autoritários estejam por aí doidos para arrancar todos das cavernas - nem que pra isso seja na base da força. Ou da sedução das promessas de poder "democrático", ( ei, existe "poder democrático"? Gozado, ouvi isso em algum lugar!)

    Abs! Cada vez melhor!

    ResponderExcluir