terça-feira, 30 de dezembro de 2008

PF - Retrospectiva 2008


O ano de 2008 mal começou a já está indo embora. Apesar de ter sido um ano “parado”, foi um de em grandes e radicais mudanças.


O ano que está chegado ao fim pode ser resumido em uma frase criada por mim para o MSN que durou algumas semanas: “Getting, missing and refusing”.


- “Getting” (conquistando), pode se resumir ao desconto de 40% para estudar na Aliança Francesa, a desinteressante “promoção” oferecida pelo gerente do Imperatriz para trabalhar no açougue e o meu investimento para crescer profissionalmente através do curso de Secretariado e a inscrição no vestibular da UFSC.


- “Missing” (sentindo falta), refere-se às decisões que eu tive que tomar visando alguma melhoria na minha vida. Eu poderia resumir meu ano no “missing”. O clima no trabalho piorou assombrosamente e aquela união que se via nos tempos do paredão do Julio não existia mais. Várias pessoas foram embora: Vanderlei, Felipe, Julio, eu... O que se via era um contra o outro e eu inclusive, parei de falar com pessoas que eu conversava bastante. Também senti falta de paz e tempo livre para eu poder me divertir.


- “Refusing” (recusando), refere-se a recusas como trabalhar no açougue, desistir da Aliança Francesa e do vestibular. Eram coisas que estavam me deixando angustiado por eu não me sentir capaz de levar adiante.


Janeiro

- Em pleno verão, uma dor de garganta me deixa de cama.

- O último dia do mês se destaca pela enchente que inundou vários bairros da Palhoça, invadindo o Imperatriz enquanto estávamos trabalhando. Pela manhã, tivemos que salvar as mercadorias que podíamos e de tarde, tivemos que depender do socorro prestado pelo louco motorista do Imperatriz de Barreiros.


Fevereiro

- O Cristiano, que estava cobrindo as férias da Eliane como Chefe de Loja, desaparece por alguns dias. Durante esses dias, um cara procurava por ele reclamando “Esse cara está me enrolando”. Estaria o Cristiano envolvido com o crime (des)organizado?

- No dia 06, o Julio pega férias e eu assumo o posto de “Chefe de Frios”. Pela primeira vez em meses de Imperatriz, me senti valorizado na empresa.

- No mesmo dia, eu e o Cristiano fomos fazer uma entrevista para tentar o cargo de auxiliar administrativo em um dos setores da empresa. Eu sou um dos 3 que passaram para a entrevista final. O Cristiano não passa e fica puto, achando que foi vítima de um complô.

- Faço a entrevista no dia 11 com o chefe do setor de manutenção, mas a entrevista fica muito vaga e eu saio de lá meio desconfiado.

- Fui enrolado o mês inteiro pela psicóloga da empresa, que nunca estava disponível para me dar uma posição no resultado final da entrevista para o setor de auxiliar administrativo.

- No dia 29, a Aliança Francesa me avisa que eu ganhei 40% de desconto para estudar com eles.


Março

- O Igor, que nem tinha se inscrito para tentar a vaga de auxiliar administrativo no setor de manutenção, fica com a vaga. Foi a primeira grande rasteira que eu levo no Imperatriz.

- Começam as aulas na Aliança Francesa.

- Faço 22 anos e o blog “O Cão Ocidental”, 2.


Abril

- No dia 02, a gerente-interina, Roseli Heinz, volta ao posto de subgerente se recusar a receber um salário de gerente abaixo da média da rede. Em seu lugar, assume Jaisson Vaz, a personificação da ignorância e arrogância que chegou ao posto de gerente.

- Devido ao fato de estar me consumindo muito tempo e dinheiro, desisto da Aliança Francesa por não ter um feedback do meu desempenho, o que me deixou angustiado.

- O Jaisson demonstra pela primeira vez o tipo de pessoa que é: a que projeta os seus erros nos outros. Devido a um erro de comunicação, eu e o Cristiano faltamos um dia de trabalho (24/04, feriado de Palhoça), tendo sido descontado da nossa folha de pagamento os famosos “dois dias”. Nosso protesto não adiantou de nada.


Maio

- A frase de status do Orkut “Não adiciono gente feia” causa rebuliço e gera críticas a minha pessoa, tendo sido eu taxado de “narcisista”.

- Eu, Cristiano e Person decidimos morar juntos devido aos perrengues vividos por nós em nossas casas, porém devido ao alto valor dos aluguéis, acabamos desistindo.

- Mais uma “Mentira Interna” no Imperatriz para o cargo de auxiliar administrativo no setor financeiro, vencido pela Maristela (que se inscreveu de verdade), mas acabou desistindo da vaga e retornando ao posto de operadora de caixa.

- Fico tão viciado em “The Corrs” que decido comprar uma tin whistle.


Junho

- Um mês sem muitos destaques, além de eu ter organizado a “EuroFlower” inspirado na Eurocopa, e de ter começado a acompanhar a novela “A Favorita”.


Julho

- Na época em que eu começo a ouvir mais A-ha, uma banda de rock norueguesa que fez muito sucesso nos anos 1980, no dia 17 fez 1 ano que comecei a conversar com a Estela, ao som de muitas músicas oitentistas.

- A campanha de aniversário do Imperatriz começa no dia 31. A partir daí, o clima só ficaria cada vez mais pesado na loja.


Agosto

- Minha irmã Luciana (nascida em 1980) anuncia a sua gravidez.

- Começam as Olimpíadas de Pequim e o Brasil não vai tão bem. Devido às críticas do jornal “Hora de Santa Catarina” ao seu desempenho, decido escrever para eles protestando e, incrivelmente, meu e-mail é publicado.

- Fico viciado no som das “Twelve Girls Band”.

- Completo 3 anos no Imperatriz e, devido ao fato de não terem oferecido sequer a opção de mudar de setor, começo a protestar colocando várias carinhas vermelhas seguidas.

- Compro uma bicicleta no Magazine Luiza e ela só me traz azar: a bicicleta não veio montada, depois recolhem a bicicleta para montar e engraxar, mas não me mandam engraxada (descobri isso quando a corrente arrebentou) queimo o vendedor do Magazine para o gerente dele, o cadeado que comprei para a bicicleta arrebenta também, os freios se soltam, os pneus murcham, entre outros...


Setembro

- Durante a maré de azar, o meu PC estraga e precisa ser formatado. Após a formatação, ele se torna mais lento e, uma vez ou outra, dá problemas como desligar sozinho ou ficar com o relógio desregulado.

- No Imperatriz, o Felipe, funcionário eficiente e proativo, se cansa de ser enrolado pela administração geral da empresa e dos sucessivos Sapps do Jaisson, pedindo demissão.


Outubro

- Após meses desfalcados no açougue, o Jaisson me “promove” oferecendo a vaga de açougueiro, mas concluo que não vale a pena e recuso.

- Inscrevo-me para o vestibular de verão da UFSC e, para me preparar bem, me matriculo em um curso pré-vestibular. Para isso, programo as minhas férias para novembro.

- Começa o curso de secretariado depois de mais um mês de atraso.

- O Seu Lino, cuja sala comercial alugada pelo Imperatriz é dele, ameaça botar todo mundo no olho da rua caso a empresa não queira arcar com um aluguel mais caro.

- O Julio fica de licença-paternidade por alguns dias, aconselhando que ninguém compre nada sem necessidade enquanto ele estivesse fora.

- Começa a chover com freqüência.


Novembro

- O clima pesado no Imperatriz chega ao ápice desde que eu trabalho lá. Devido a intromissão do Jaisson nas compras desnecessárias de patê, Julio e Jaisson batem boca na frente de fornecedores e outras chefias. Também puto por ter sido expulso da CIPA pelo Jaisson (que disse que não havia expulsado ninguém), eu e o Julio protestamos juntos contra os erros absurdos do pseudo-gerente.

- Pego férias dia 10 e começam as minhas aulas no curso pré-vestibular. Não entendo praticamente nada em matemática, física, biologia... e então decido desistir.

- Senti muita falta do Imperatriz no período de férias, como se eu sentisse que as coisas mudariam para sempre a partir daí.

- Choveu o mês inteiro, causando enchentes no Vale do Itajaí. Aqui em Palhoça, ficamos sem água durante períodos do dia por quase uma semana devido a um imenso cano que arrebentou, prejudicando inúmeros bairros de Palhoça, São José e Florianópolis.

- O blog “O Cão Ocidental” teve o seu 100º post publicado.


Dezembro

- Ao retornar das férias, descubro que o Julio foi demitido e que a vaga de chefe de frios ficou com o Person. O Person também ficou com a minha vaga na CIPA, confirmando a minha expulsão. Dois novos repositores foram contratados. Demitiriam alguém ou apenas ampliaram o quadro?

- No dia seguinte, 11, o Jaisson me chama na salinha junto com a Eliane. Iria me promover a chefe de frios e informar que o Person estava de quebra-galhos? Que nada! “Peterson, a empresa está passando por uma reformulação e a gente quer te informar que o colaborador Peterson está sendo dispensado a partir de hoje”. Resumindo: cansado de tomar a verdade na cara, o gerente me demitiu e não foi homem o suficiente para deixar de ser falso e explicar os motivos. “São razões da empresa”.

- Ao retornar ao Imperatriz dias depois, percebo um clima de “cada um na sua”. O repositor que ficou no meu lugar pediu demissão. Apesar de ter ficado chateado com a demissão, é como se eu tirasse um peso das costas, deixando todo aquele clima pesado que eu sentia desde abril para trás.

- Sou chamado para uma entrevista para a vaga de auxiliar administrativo no Supermercado Angeloni de Capoeiras. Como eu não tinha levado a carteira de trabalho e um currículo, a entrevista é adiada para 05/01. Supermercado de novo? NÃOOOOOO!



Para mim, 2009 tende a ser um ano de mudanças. Um ano de fazer o que eu realmente quero fazer da vida, trabalhando com o que eu gosto. Espero que os sacrifícios que eu fiz em 2008 se revertam em algo melhor e mais produtivo nesse que começa nessa quinta-feira.

6 comentários:

  1. Hehehehe o ano de 2008 pra você não foi muito legal...Nem pra mim, por ter sido um ano em que eu completei 20 anos, achei que ele fosse ser mais legal...=/
    Mas uma das coisas que importa, é que passamos esse ano juntos!
    =]
    E não se preocupe, uma hora alguém puxará o tapete do pseudo-gerente...=]

    ResponderExcluir
  2. Me parece que 2008 não foi um bom ano pra maioria das pessoas. Foi tipo uma ressaca de 2007.

    Espero que seu 2009 seja como vc imagina. Melhor até.

    Teh mais Senhor P.

    ResponderExcluir
  3. E chega 2009!!
    2008 não foi muito bom.. q 2009 traga boas mudanças!

    Te premiei! O selo é conhecido, provavelmente vc já recebeu de outros blogueiros maaas o que vale é a intenção..

    Bom Novo Ano!
    E vida longa ao blog ^^
    Até!
    =]

    ResponderExcluir
  4. Você tem uma narrativa MUITO boa. Fui conduzido por todo o seu ano e fiquei com vontade de saber mais do que aconteceu. Afinal, parece só ter sido retratado o aspecto profissional do mesmo.
    Normalmente não curto Blogs/posts que falam da vida pessoal de seus autores. Mas o seu texto fora realmente convincente para que eu deixasse de lado este meu conceito, pelo menos durante a leitura.

    Desejo TUDO de bom para ti neste 2009!

    Vc escreve muito bem... Logo logo encontra um lugar onde valorizem este seu talento.

    Abrsss....

    ResponderExcluir
  5. Você tem uma narrativa MUITO boa. Fui conduzido por todo o seu ano e fiquei com vontade de saber mais do que aconteceu. Afinal, parece só ter sido retratado o aspecto profissional do mesmo.
    Normalmente não curto Blogs/posts que falam da vida pessoal de seus autores. Mas o seu texto fora realmente convincente para que eu deixasse de lado este meu conceito, pelo menos durante a leitura.

    Desejo TUDO de bom para ti neste 2009!

    Vc escreve muito bem... Logo logo encontra um lugar onde valorizem este seu talento.

    Abrsss....

    ResponderExcluir
  6. P.S: postei na conta do meu irmão, acidentalmente =]

    ResponderExcluir