quinta-feira, 23 de março de 2006

PF 19 anos


Modem retardado, recado da Aline, homenagem, “ovação” e bolo espatifado. Um guia imparcial (infelizmente) sobre o meu décimo nono aniversário.

O longo fio branco e fino da Internet já estava conectado ao telefone e eu estava vasculhando algumas coisas no meu computador esperando por um pouco depois da meia-noite. Lá pela meia-noite e cinco, eu cliquei em “Conexão dial-up”, para se conectar com a Internet. Como de costume, abri o Orkut e havia um recado de feliz aniversário da Mariana. Demorei um pouco para abrir o MSN. Não fiz nada que prestasse na Internet que merecesse destaque aqui. Lá pelas 01:45h, a conexão cai, para a minha raiva. Depois, eu tentei conectar de volta e não dava. Vinha uma mensagem de que “o modem estava em uso ou desconectado de alguma coisa”. Em uso, uma ova! Como se eu estava desconectado? E como desconectado de alguma coisa se eu nem mexi? Tentei, tentei, tentei, me enfureci, tentei, tentei, e de raiva desliguei e fui dormir.


Acordei às 09:45h, por aí. Havia uma mensagem SMS de uma pessoa que eu já teclei no Blah com a segunte mensagem:

“Hoj vai c uma festa,bolo e guaraná,muit doce p vc,e o seu aniversario,vams festejar os e amigs recbe. PARABENS”. Sim, é uma música da Xuxa. Não me lembro de ter mencionado a data do meu aniversário em nenhum momento para essa pessoa. Que coisa louca, não? Mas eu estava com tanto sono que cochilei até às 10:30h.


Às 11:15h fui pro banho porque tinha curso de inglês na Wizard, e de lá eu já ia para o Imperatriz. Eu estava mentalmente cansado e meu mp3 sem pilha pra muito tempo de uso. Ao chegar lá, a Laís (é com acento! Se fosse sem, seria Lais, ou seja, um conjunto de Laianas com “i” e nome reduzido. Afe, que besteira!). Voltando a Laís, ela me cumprimentou =) pois marca no Orkut o aniversário dos amigos. Ao chegar na sala, o professor também me deu os parabéns, mas ele descobriu pelo mural. Nunca vi o mural, conseqüentemente, nunca vi os aniversariantes do mês. A aula ocorreu de maneira normal, comigo trocando o “I” pelo “you”. Nessa aula eu estava bem destraidinho com os pensamentos vagando por aí e eu com a cabeça completamente oca.


Ao chegar no Imperatriz, pus a minha carinha do quadro emocional como “bom astral” de cabeça para baixo (eu não estava de bom astral como a carinha indicava, por isso a pus de cabeça pra baixo). No refeitório, a Roseli lia a cartilha para os açougueiros (Vanderlei, Élson e Leomar), o chefe de frios, Júlio, e para a Angela (CPD). O Vanderlei foi o primeiro que me cumprimentou. Chegou a hora de trabalhar e tudo normal. No início, o Ismael me chamou e me entregou um recado escrito em papel amarelo com a letra do Laudeli: “Aline Imbituba ligou p/ Peterson”! A Aline é minha amiga no Orkut e trabalha no Imperatriz de Imbituba! Aline, se você estiver lendo isso, muito obrigado pela atenção! ^^


Abasteci algumas coisas da limpeza e voltei para o depósito para devolver uma caixa de sabão Razzo. Então houve “O Chamado” de Marenise: “Colaborador Peterson, favor comparecer à frente de caixa”. Foi tudo uma armação! =0 (Oh!)

Chegando lá, estavam o Ismael, os operadores de caixa e a Marenise começou a falar ao microfone algo mais ou menos assim: “Senhores clientes, boa tarde. Gostaríamos de parabenizar o nosso amigo Peterson, que está de aniversário hoje.” Em suma, houve um elogio do meu trabalho além da reposição, ela especificou mais o meu trabalho na frente de caixa. No final, ela pediu uma salva de palmas. Fiquei quente de tão encabulado. Desde que eu trabalho no Imperatriz, só ouvi a Josi e o Reginaldo sendo homenageados. Eu fui o terceiro. Se eu me achava desvalorizado, agora não me acho mais. Se alguém do Imperatriz estiver lendo isso (mais especificamente da loja 13), eu agradeço de coração! ^^


Agora chegou a parte desagradável da história. Robisson e Jardel me aguardavam na saída do Imperatriz. Robisson me cumprimentou e, sem mais sem menos, algo frio quebra na minha cabeça me melacando todo. O safado do Jardel me deu uma ovada! ò_ó Depois o Robisson, Robisson de novo e Jardel. Tive um ligeiro acesso de raiva, obviamente, mas passou quando o Robisson me falou que comprou o “The Sims 2”! Eu não recebi pois deu um problema de ele não rodar, parece que o serial não bate, uma coisa assim.


Em casa, a mãe disse que fez uma nega maluca que despedaçou. Comi um pedaço e bebi um copo de leite (I drank a glass of milk). E depois vim para a frente do computador escrever Isso!
E assim foi... (até aqui) =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário